Fundado aos 11 de setembro de 1990 pelo CEO jornalista Eraldo Mendes

Cidadão Repórter

65992814942
Várzea Grande(DF), Segunda-Feira, 08 de Março de 2021 - 08:48
24/01/2021 as 13:35 | Por DC. | 360
Conheça o lixo que protege, salva vidas e gera renda para muitas famílias.
Lixo valioso e economia do bolso.
Fotografo: Alecyr.
Reciclagem.

Além de ajudar o meio ambiente, não permitindo que polua a natureza, os produtos em desuso, aqueles que abarrotam gavetas e outros espaços em residências e escritórios porque, na maioria das vezes, não se sabe onde descartá-los, estão salvando vidas e assegurando renda para muitas famílias, em Cuiabá e dezenas de cidades mato-grossenses.     

Na lista estão pilhas, eletrônicos em geral (controles de TV, aparelhos e baterias de celulares), frascos de desodorante aerossóis, óleo de cozinha, materiais de escrita (canetas, apontadores, marca texto), medicamentos vencidos, vidros, entre outros.  

Os frascos de desodorantes aerossóis são coletados e comercializados e a renda revertida ao projeto Lunaar (Luta e União de Amigos para Animais em Risco), que acolhe e trata animais (cães e gatos) doentes ou em situação de abandono.

Os eletrônicos geram renda para dezenas de famílias que trabalham na empresa Ecodescarte.  

Em Cuiabá, há vários pontos, ou seja, locais onde a população pode descartar corretamente esses produtos, desde que separados por tipo, limpo e seco.    

Na sede do Comando Geral da Polícia Militar (QCG), na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (do CPA), e na Secretaria de Segurança Pública, no Centro Político Administrativo, por exemplo, há postos de coleta de frascos de desodorantes aerossóis vazios.  

Divulgação

Projeto Lunaar

Os frascos de desodorantes aerossóis são coletados e comercializados e a renda revertida ao projeto Lunaar

Materiais eletrônicos de todos os tipos e modelos podem ser descartados na sede da Ecodescarte, na Rua Miranda Reis, 151, bairro Poção, de segunda a sexta-feira das 7h30 às 17h30.        

No TJMM, com sede no Centro Político e Administrativo, há uma estação de coleta para receber eletrônicos, óleo de cozinha usado, frascos de desodorantes aerossóis vazios, material de escrita, pilhas e baterias velhas.

Só que a entrega no local está suspensa temporariamente, por causa das medidas de prevenção à Covid-19.

O diretor da Ecodescarte, Tiago Pegorini, define lixo eletrônico "como tudo que pode ser ligado na tomada".

Podem ser descartados em partes ou completos. Pegorini diz que a empresa existe desde 2012 em Cuiabá, e está aberta à coleta de uma infinidade de produtos.

Pode conhecer e saber mais pelo endereço do instagram: ecodescarte, e telefone (65)3025-7336.  

A diretora do Lunaar, Carla Fahina, explica que o projeto existe desde 2017 e tem a coleta dos frascos de desodorante como um importante complemento à compra de ração dos animais.  

No perfil do instragram:projetolunaar, há lista de pontos de coleta e outros meios para contribuir com a causa de defesa dos animais que sofrem abandono e maus-tratos.  




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil