Fundado aos 11 de setembro de 1990 pelo CEO jornalista Eraldo Mendes

Cidadão Repórter

65992683333
Várzea Grande(DF), Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2022 - 05:35
22/11/2021 as 07:51 | Por ADMAR PORTUGAL. |
Cuiabá empata com Bahia e caminha para continuar na Série A.
Equipe mato-grossense teve dois gols anulados pela arbitragem.
Fotografo: Divulgação.
Cuiabá x Bahia.

O Cuiabá conquistou um ponto na Fonte Nova ao empatar com o Bahia, em 0 a 0, na noite deste domingo (21). Com o empate o Dourado subiu para décimo primeiro colocado no Brasileirão, com 43 pontos.      

Faltando quatro jogos para terminar a competição, o técnico Jorginho acredita que mais três pontos será o suficiente para manter o clube na primeira divisão.    

O primeiro tempo o Cuiabá foi melhor em campo, marcando dois gols que foram anulados pela abritagem.      

Aos 17, um chute de Max em rebote de escanteio passou muito perto do gol defendido por Danilo Fernandes. E quatro minutos depois, a finalização de Rafael Gava entrou, mas a arbitragem anulou por impedimento de Felipe Marques, que deu o passe. Foi por uma margem difícil de enxergar até com imagem paralisada e linhas traçadas em cores diferentes na cabine do VAR.    

O Cuiabá seguiu ocupando o campo de ataque nos minutos seguintes e teve outro gol anulado aos 38. Dessa vez o árbitro Rafael Claus viu falta de Jenison em Nino Paraíba enquanto pulava para cabecear a bola para o gol.      

A síntese do primeiro tempo foi ouvida das arquibancadas: vaias do torcedor no intervalo. E só com Rossi em campo, a partir dos 11 minutos do segundo tempo, foi que o Bahia acordou. Ele entrou no lugar de Raí e, com sua disposição e velocidade características, acendeu o time - e a torcida. Alcançou bola que parecia perdida na linha de fundo, conseguiu arrancar escanteio em chute de fora da área.    

Faltava, no entanto, que o time acompanhasse o nível. Guto Ferreira tentou com Rodriguinho no lugar de Daniel e depois com o velocista Ronaldo no de Mugni. O Bahia “abafou” o Cuiabá em cruzamentos para a área e, em um deles, já aos 46 minutos, Rodallega cabeceou no travessão – o colombiano foi titular porque Gilberto estava suspenso. Também nos acréscimos, Rodriguinho se livrou do marcador no giro de corpo e chutou por cima.    

O Cuiabá recuou e manteve o placar.    

A equipe mato-grossense volta à campo no dia  30 de novembro, contra o Palmeiras, na Arena Pantanal, pela rodada 36.

BAHIA 0 X 0 CUIABÁ

BAHIA - Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio (Gustavo Henrique) e Matheus Bahia; Patrick de Lucca, Daniel (Rodriguinho), Lucas Mugni (Ronaldo César), Juninho Capixaba e Raí Nascimento (Rossi); Rodellega. Técnico - Guto Ferreira.

CUIABÁ - Walter; João Lucas, Paulão, Alan Empereur e Uendel; Camilo, Pepê (Anderson Conceição), Rafael Gava (Uillian Correia) e Max (Jonathan Cafu); Jenilson (Elton) e Felipe Marques (Lucas Hernández). Técnico - Jorginho Campos.

ÁRBITRO - Raphael Claus (SP).

CARTÕES AMARELOS - Juninho Capixaba.

PÚBLICO/RENDA - 19.790 pagantes/R$ 413.759,50.

LOCAL - Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil