Fotografo: Divulgação.
...
Ilustração.

Um homem conhecido por Wallace morreu no final da tarde de quarta-feira (29), em confronto com a Polícia Militar, no bairro Pirinéu, em Várzea Grande. Ele estava ao lado de outras 5 pessoas, suspeitas de tráfico de drogas. No confronto, foi baleado, não resistiu e morreu. Três mulheres e dois homens acabaram presos.

 

De acordo com as informações, PM recebeu denúncia via 190 relatando que traficantes estavam usando uma área de matagal para vender drogas no bairro.

 

Policiais se mobilizaram e foram até o local. O espaço foi cercado e na tentativa de abordar 6 pessoas que estavam no local, foram surpreendidos por 3 suspeitos armados, que reagiram e mandaram a polícia colocar as mãos para cima.

 

Em seguida, começaram a atirar contra os policiais e correr. PM reagiu e começou a atirar contra os suspeitos, sendo que um acabou baleado no tórax e abdômen enquanto os comparsas fugiam.

 

Força Tática foi acionada para dar apoio na ação e acabou prendendo os outros suspeitos durante a fuga. Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para socorrer Wallace, mas ele não resistiu e morreu no local. Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e Perícia Oficial também estiveram no local.

 

Material apreendido

Dentro do matagal, a polícia encontrou várias porções de droga, sendo 138 de maconha e 148 de cocaína. Além de R$ 700, um revólver calivre 38, 4 munições e um rádio comunicador com freqüência do 4º Batalhão da PM.

 

Durante a ação, duas das presas começaram a ofender os policiais, que faziam buscas na casa de um dos suspeitos, onde foi encontrado tabletes de maconha. Houve tumulto. Vizinhos do suspeito resistiram à sua prisão e foi necessário efetuar disparos de bala de borracha.

 

Até o término da ocorrência, a PM não tinha conseguido a identificação total da vítima, chamado apenas de Wallace pelos comparsas. O caso segue sendo investigado.