Fotografo: Divulgação.
...
Teste da vacina chega a Cuiabá.

A médica infectologista do Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM), Giovana Volpato Pazin Feuser foi a primeira voluntária a receber uma dose da vascina contra para combater o corona vírus, na tarde desta terça (6), na sede da unidade hospitalar, em Cuiabá.

 

Além do HUJM, o estudo é conduzido pelo Instituto Butantan, da Universidade de São Paulo (USP). O hospital será o centro aplicador das doses e do estudo chamado ProfisCOV, que testará a eficácia da vascina, em Mato Grosso. A dose, identificada como Coronavac, é do laboratório chinês Sinovac Life Science.

O Instituto Butantan disponibilizará aos voluntários um aplicativo onde cada profissional poderá manifestar o interesse de participar. Tão logo manifeste o interesse, o voluntário será agendado para um determinado dia e horário.

Os voluntários deverão estar saudáveis, que nunca tiveram e que já tiveram Covid-19 considerando que a reinfecção é um fato já comprovado e será possível avaliar se a vacina protege tanto para a primeira infecção quanto para a reinfecção. Ao todo, 13 mil profissionais serão testadas em todo o Brasil.