Fundado aos 11 de setembro de 1990 pelo CEO jornalista Eraldo Mendes

Cidadão Repórter

65992683333
Várzea Grande(DF), Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2022 - 04:52
07/12/2021 as 06:40 | Por Da Redação |
Pai defendeu a filha assassinada pelo ex-marido em Várzea Grande morre em hospital.
Mulher assassinada pelo ex-marido em Várzea Grande morre em hospital
Fotografo: Divulgação.
Violência desenfreada.

O pai da técnica de enfermagem Franciele Robert da Silva, de 33 anos, morta nesse domingo pelo ex-marido também morreu nesta segunda-feira (6), em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Aparecido José da Silva, de 67 anos, tentou impedir uma briga entre a filha dele e o genro. Os dois foram esfaqueados. Franciele morreu na hora e o idoso foi encaminhado ao hospital.

O ex-marido, de 36 anos, não aceitava o fim do relacionamento com Franciele e matou a ex-mulher em frente a filha do casal, de 12 anos. Ele foi preso nesse domingo (5). A equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) foi à unidade hospitalar para fazer a liberação do corpo. Com a segunda morte, o autor passa a responder por feminicídio e homicídio

Conforme as informações da Polícia Civil, o suspeito chegou à residência de Aparecido José da Silva nesse domingo, pelos fundos, e forçou a entrada na casa.

Ele entrou em luta corporal com o idoso e o feriu gravemente. Depois, foi até o quarto onde a ex-mulher tentava se esconder junto com a filha dela e arrombou a porta, golpeando a técnica de enfermagem.

Após cometer os crimes, o suspeito se feriu e disse que havia tentado contra a própria vida. Ele foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e, depois de atendido no Pronto Socorro de Várzea Grande, foi encaminhado pela Polícia Militar até a DHPP.

Aparecido estava internado no hospital em estado grave até a manhã desta segunda, quando não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil