Fotografo: Divulgação.
...
Roberto França.

O candidato a prefeito de Cuiabá, Roberto França (Patriotas), terá a dura missão de explicar o tempo todo que não está inelegível por conta de ter tido seus diretos políticos suspensos até fevereiro de 2022, de acordo com o cadastro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

A punição, a pedido do Ministério Público Estadual (MPE), se deu por supostas irregularidades no pagamento dos servidores públicos através do famoso CDC (operações de créditos), quando foi prefeito da Capital. É inegável a força política do França, ainda mais com o apoio do governador, Mauro Mendes (DEM), mas a pecha de “inelegível” não é fácil de diluir em uma eleição majoritária.