0

Portal fundado aos 11 de setembro de 1990 pelo CEO fundador Eraldo Mendes

Cidadão Repórter

65992814942
Várzea Grande(DF), Sábado, 28 de Novembro de 2020 - 10:06
26/10/2020 as 07:10 | Por Com Midia News | 285
Vídeos flagram suposta compra de votos para Misael Galvão
Mizael Galvão em "Saia Justa".
Fotografo: Divulgação.
Mizael

Vídeos que começaram a circular nas redes sociais, neste sábado (24) à noite, mostram a suposta compra de votos por dois homens ligados à campanha do vereador Misael Galvão (PTB), presidente da Câmara de Cuiabá.

 

Os homens, que se identificam como Sandro e Daniel, seriam servidores da Câmara Municipal.

 

Em um dos vídeos, Sandro, negociaria com um eleitor o pagamento de R$ 50,00 por semana por carro adesivado, e por placa de Misael colocada em frente às casas.

 

"Vou fazer o seguinte, vou liberar doze carros para você, R$ 50,00 por semana. Aí 'nóis' marca um dia pro adesivaço lá, adesiva os carros, e para você eu vejo uma coisinha por fora", afirma Sandro.

 

O homem pergunta: "Quanto?".

 

"Vai dar cinco semanas. Fica toda segunda-feira, eu passo pra você R$ 50,00 dos carros", diz Sandro.

 

"E as placas, como funciona?", questiona o homem.

 

"A placa é mais para quem não tem carro. Tipo assim, se eu pagar R$ 250,00 pro cara colocar placa, mais R$ 250,00 do carro, aí quebra 'nóis'", diz Sandro.

 

Ele continua: "Você é o ponta. Você é o número um, o líder, o cabeça. Aí, pra baixo de você, vem o número dois e o três. Então, tem que passar um negócio a mais pra você, você coordena o dois e o três", continua. 

 

"Se eu colocar pro cara R$ 250,00 do carro, e 250 da placa, aí chega lá na casa do cara ele tem quatro votos. Aí to pagando quase R$ 120,00 por voto. Aí não compensa pra nóis, entendeu", diz Sandro.

 

"Aí a gente so pega as pessoas de confiança, a gente não tá chegando e adesivando". 

 

"Faz o seguinte, hoje você levanta o que você tem, eu tô aqui direto, meu nome é Sandro, você me passa pra mim amanhã, fala ó, eu fiz um estudo aí, tal, e eu tenho isso aqui. Em princípio eu libero esses doze [carros] para você, aí depois, se você tiver mais alguma coisa de casa, você me passa que te dou uma resposta", disse.

 

"A parte de logística de combutivel é com Daniel, ele que mexe com isso. Mas amanhã eu passo para você. Se ele voltar, eu já peço para ele passar. Eu tô aqui direto", diz Sandro, que pede o número de telefone do homem.

 

 

 

 

 

Outro lado

“Saia Justa”

 

 Misael confirmou que Sandro e Daniel atuam em sua campanha. Mas ele classificou os vídeos de "malandragem" 

 

"É montagem, perseguição, é extorsão. Estou levantando isso, estou sentando com o juiz [do TRE], vou fazer uma representação. É só maldade", disse

 

"Montaram esse vídeo pra vender, pra extorquir. Vou entrar ainda hoje na Justiça e meu jurídico vai se posicionar", disse.

 

 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil