Fundado aos 11 de setembro de 1990 pelo CEO jornalista Eraldo Mendes

Cidadão Repórter

65992683333
Várzea Grande(DF), Sexta-Feira, 27 de Maio de 2022 - 00:41
17/04/2022 as 07:15 | Por Da Redação |
Com gol contra nos acréscimos, Cuiabá perde para o Flu
Paulão, o zagueiro e capitão do Dourado, fez o gol contra.
Fotografo: Divulgação.
Cuiabá e Fluminense.

inesperada da defesa do Cuiabá, o Fluminense enfim marcou seu primeiro gol neste Brasileirão e também venceu a primeira, neste sábado. Jogando na Arena Pantanal, pela segunda rodada, o time carioca derrotou a equipe da casa por 1 a 0, graças ao gol contra de Paulão aos 46 minutos do segundo tempo.

O zagueiro e capitão do Cuiabá foi o responsável pelo primeiro gol do Flu na competição, após o empate sem gols com o Santos na rodada de abertura. O inesperado lance "salvou" o ataque do time carioca, que contou com seis representantes em campo ao longo dos 90 minutos. Nenhum deles conseguiu levar maior perigo nesta noite.

 

Longe de empolgar, o Flu dominou o anfitrião durante todo o jogo, mas falhou demais na criação, cada vez mais previsível no segundo tempo. Nem mesmo a entrada de Cano, Willian Bigode e Caio Paulista, no segundo tempo, foi o suficiente para alterar o placar, modificado apenas com ajuda de Paulão nos acréscimos.

Preocupado com o desgaste do seu elenco, Abel Braga decidiu poupar cinco jogadores neste sábado: David Braz, André, Cris Silva, Yago e Cano (os últimos três entraram no segundo tempo). E, para tanto, precisou alterar o esquema tático. Sem David Braz, escalou apenas dois zagueiros, numa linha de quatro defensores. Em compensação, acrescentou um homem no ataque: Luiz Henrique começou entre os titulares.

Com essa postura mais ofensiva, a torcida do Flu esperava um primeiro tempo de forte presença no ataque e boas chances de gol. Mas não foi esse o cenário que se apresentou nos primeiros 45 minutos. Os dois times não registraram sequer uma finalização até os 20 minutos de jogo.

A grande chance de gol da etapa aconteceu aos 13 minutos. Pressionando a saída de bola do Cuiabá, o Flu aproveitou erro de Walter e Fred quase abriu o placar. O atacante não chegou a tempo para finalizar para o gol vazio e parou na rápida recuperação do goleiro do Cuiabá. Luiz Henrique também tentou ameaçar o gol dos anfitriões, aos 22, em chute que passou à esquerda da trave de Walter.

O time carioca dominava o jogo, mas praticamente não levava perigo. Lento, o Flu não conseguia envolver a defesa cuiabana para lances mais incisivos. Essa lentidão tinha uma causa específica nesta noite: o forte calor na capital do Mato Grosso. Fred, que não iniciava um jogo há quase dois meses, era um dos que mais sofriam com a temperatura se aproximando de 30 graus.

O controle dos visitantes seguiu no segundo tempo, porém com mais intensidade. Os primeiros 20 minutos foram de ataque contra defesa. Recuado, o Cuiabá parecia satisfeito com um eventual 0 a 0 no placar. Do outro lado, o Flu cercava a área anfitriã com dificuldades no último passe e também nas raras finalizações.

Abel Braga, então, tratou de fazer quatro mudanças quase ao mesmo tempo. Cano, Willian Bigode e Caio Paulista foram para o ataque, enquanto Yago Felipe substituiu Ganso, mais lento do que de costume neste sábado. Um minuto depois de entrar em campo, aos 26, Cano criou a melhor chance da partida, em investida pela esquerda, que culminou em vacilo de Walter, rebote de Willian e rápida recuperação da defesa cuiabana. A situação se repetiu aos 35, porém Cano desperdiçou novamente.

Pela equipe do Cuiabá, a entrada de Valdívia no meio-campo deu certa velocidade aos contra-ataque, ainda que pouco efetivos. O time da casa só conseguiu acertar a primeira finalização no gol aos 41 minutos do segundo tempo, justamente com Valdívia.

Do outro lado, o Flu seguia com dificuldade para imprimir velocidade em suas investidas. Travado, era previsível, permitindo ao Cuiabá marcar com eficiência em cada aproximação da área. Até que uma rápida investida de Cano pela direita culminou em cruzamento que Paulão tentou afastar, mas acabou mandando no canto direito de Walter, sem defesa para o goleiro do Cuiabá.

FICHA TÉCNICA:

CUIABÁ 0 x 1 FLUMINENSE

CUIABÁ - Walter; João Lucas, Alan Empereur, Marllon e Igor Cariús; Rafael Gava (Valdivia), Pepê, Rodriguinho (Marcão Silva) e Everton (Felipe Marques); André Luis (Marquinhos) e André (Elton). Técnico: Pintado.

FLUMINENSE - Fábio; Calegari, Nino, Manoel e Pineida (Cris Silva); Wellington, Ganso (Yago Felipe), Nonato; Luiz Henrique (Willian Bigode), Fred (Cano) e Arias (Caio Paulista). Técnico: Abel Braga.

GOL - Paulão (contra), aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Nino, André, Igor Cariús.

ÁRBITRO - Savio Pereira Sampaio (DF).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena Pantanal, em Cuiabá (MT).

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil