Fundado aos 11 de setembro de 1990 pelo CEO jornalista Eraldo Mendes

Cidadão Repórter

65992683333
Várzea Grande(DF), Segunda-Feira, 08 de Agosto de 2022 - 11:27
08/06/2022 as 06:51 | Por Estadão. |
Cuiabá vence o Corinthians e deixa a zona do rebaixamento.
Na Arena Pantanal, Dourado ganha do Timão por 1 a 0.
Fotografo: Divulgação.
Cuiabá vence corinthians.

A derrota por 1 a 0 para o Cuiabá na noite desta terça-feira, na Arena Pantanal, pode custar caro para o Corinthians. Além de perder o jogo e uma invencibilidade de 11 jogos, pode perder também a liderança do Campeonato Brasileiro.

O Alvinegro permanece com 18 pontos e pode ser superado nesta quarta pelo Atlético-MG, que visita o Fluminense.

O Palmeiras, que recebe o Botafogo na quinta, também pode passar à frente.

Já o Cuiabá deixou a zona do rebaixamento. Com 11 pontos, está ao menos provisoriamente em 11º lugar.

O jogo começou aberto, com os dois times procurando atacar. Com dois minutos, a defesa do Corinthians deu bobeira.

Robson Bambu, um dos três zagueiros escalados por Vítor Pereira, falhou ao tentar proteger a bola, Felipe Marques roubou e tocou para André bater. Cássio salvou com o pé. Aos 4, André arriscou de longe e errou por pouco. 

Mais dois minutos e a primeira resposta do Corinthians: Gustavo Mosquito emendou de primeira cruzamento de Mantuan e foi a vez de João Carlos fazer boa defesa.

Com o passar do tempo, o Corinthians conseguiu controlar o ímpeto inicial dos donos da casa.

O jogo ficou equilibrado. O Cuiabá tentava explorar as falhas do lado direito da defesa paulista. Os visitantes preferiam tentar jogar pelo lado direito do ataque.

O problema maior do Corinthians ao tentar atacar era não ter articulação de jogadas. Com isso, as chegadas ao ataque se tornaram raras. Róger Guedes precisava voltar para tocar na bola, do contrário não participava.

Mais grave do que isso eram os excessivos erros na saída de bola. Em uma dessas ocasiões, aos 35 minutos, Uendel desarmou Adson, fez uma tabela, dominou a bola no peito e antes que ela caísse mandou a bomba de fora da área, no canto esquerdo de Cássio. Cuiabá 1 a 0.

Insatisfeito com o time, Vítor Pereira radicalizou. Fez logo quatro alterações no intervalo, desfez o esquema com três zagueiros, colocou dois jogadores, Renato Augusto e Giuliano, para ter presença no meio de campo e um atacante de área, Júnior Moraes.

Mas a etapa começou com o Corinthians levando um susto, numa cabeçada para fora de Empereur. E a primeira ação ofensiva do Alvinegro só aconteceu aos 10 minutos, em arrancada de Róger Guedes. Mas João Carlos defendeu o chute.

O Corinthians melhorou, passou a jogar no campo adversário, mas encontrava uma defesa bem fechada e, obrigado a ser mais ofensivo, acabava dando espaço para os contra-ataques do time do Mato Grosso.

Róger Guedes quase empatou cobrando uma falta aos 21 minutos, mas a bola passou com perigo por cima do gol. Pouco depois, ele tentou de cabeça, novamente para fora.

Na fase final da partida, o Cuiabá decidiu se fechar de vez. O Corinthians precisava aproveitar para sufocar, mas sua própria torcida atrapalhou, acendendo sinalizadores na arquibancada,o que levou o juiz Marcelo de Lima Henrique a paralisar a partida. A pressão final do Corinthians foi forte, mas insuficiente para ao menos chegar ao empate

FICHA TÉCNICA

CUIABÁ 1 X 0 CORINTHIANS

CUIABÁ - João Carlos; João Lucas, Marllon, Alan Empereur e Uendel; Camilo, Pepê (Paulão) e Rafael Gava (Marcão); Felipe Marques (Valdívia), André Luís (Alesson) e André (Jenison). Técnico: Bernardo Franco.

CORINTHIANS - Cássio; Robson Bambu (Júnior Moraes), Raul Gustavo, e Gil; Mantuan, Du Queiroz (Giuliano), Cantillo, Adson (Renato Augusto) e Bruno Melo (Lucas Piton); Gustavo Mosquito (Wesley) e Róger Guedes. Técnico: Vítor Pereira.

GOL - Uendel, aos 35 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Raul Gustavo e Du Queiroz (Corinthians) e João Carlos (Cuiabá).

CARTÃO VERMElHO - Valdívia (Cuiabá).

PÚBLICO - 22.129 torcedores.

RENDA - R$ 1.957.000,00.

LOCAL - Arena Pantanal, em Cuiabá.

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil