Danilo Campos vinha recebendo ameaças de morte pelo telefone.


A policia está investigando a morte do filho de vereador de várzea Grande.

GERAL Publicada: 10/11/2017 13:50:26 Autor: Da Redação
Foto: Divulgação
Danilo.

 
 
O personal trainer Danilo Campos de 28 anos, filho do vereador Nilo Campos (DEM), executado em Cuiabá na noite de quarta-feira (8), com cinco tiros, recebia ameaças do marido de uma aluna, da academia, onde o jovem trabalhava há dois anos.
 
A informação é da Policia Civil que investiga o caso e acredita que Danilo pode ter se envolvido em triângulo amoroso. A delegada Alana Cardoso, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), não dá maiores detalhes, mas acredita que o assassino será preso rápido.
 
Danilo teria se envolvido com uma das alunas, o companheiro descobriu, tirou a mulher da academia e passou a ameaçar a vítima através de telefonemas, segundo amigos e familiares
Conforme um parente, as ameaças foram feitas por telefonemas e mensagens via WhatsApp.
 
O jovem era filho único do vereador, que cobra justiça e solução para o caso.
 
O corpo do personal foi enterrado na manhã desta sexta-feira (10.11), no Cemitério São Francisco na avenida Alzira Santana na região central de Várzea Grande.

Comentários

Comente está notícia:

Entrar na Rede SBC Brasil